AZLYRICS - Song Lyrics

More than 1.500.000 lyrics From A to Z



https://lyrics.az/guga-valiante/-/qual-e-o-seu-preco.html Guga Valiante - Qual é o Seu Preço? lyrics


[Verso 1]
Chapo de pedra ate umas horas e agora parece um bicho
Os outros tratam como um lixo mas eu vejo um homem ali
Realidade bate pique mohemed ali
E a tiazinha protege a bolsa como se fosse o livro de eli

E eu li, em algum lugar que todos são heróis
Se ta na rua é nos, independente da situação
Eu que não vou entrar na de julgar o irmão
Se eu não posso esticar a mão eu erro se eu aponto o dedo

Tendo esconder o medo quando ele me aborda
Logo vem de ideia torta dizendo que mora longe
Diz que tem fome, pede para eu inteirar o bonde
Mas teu olhar não esconde que ele veio na maldade

Deus é verdade ele protege eu tenho fé
E o irmãozinho mete o pé sem sem ter me feito mal nenhum
E eu que não sou qualquer um, nunca julguei ele um qualquer
Mas o que o sistema quer é ver os pretos se matando

Juntando em bando, pa pa pa pa pa pum
Olha lá se foi mais um, quantos já foram essa semana?
Poder traz grana, ou é a grana que traz poder
Nessa eu pergunto para você quanto vale a vida de um homem?

Seu viu o corpo? deram na cara e no abdômen
Dizem que mataram mano por causa de 5 prata
Aqui por muito pouco se morre ou se mata
O inferno tem suas leis e o anjo perde a asa se não acata

E tá na capa do jornal o corpo irmãozinho
Merda de forma de virar celebridade
Nem todo mundo aqui escolhe o seu caminho
O dele já tava traçado essa que é a verdade

[Lyrics from: http://www.lyrics.az/guga-valiante/-/qual-e-o-seu-preco.html]
Dentro de casa, seguro, eu me pergunto
O que difere aquele irmãozinho de mim
Eu tenho a escolha de mudar os meus princípios
Mas a historia dele já começou pelo fim

[Refrão]
Qual é seu preço? me diz quanto é que tá?
Qual é o seu valor? quem vai querer comprar?
Qual é seu preço? me diz quanto é que tá?
Qual é o seu valor? quem vai querer comprar?

[Verso 2]
No meio do caminho havia pedra, pó e ervas
Evas e maçãs doces. Desses que descem de cervas por sessão
Eu na acessoria de prensa, acesso a via que pensa
Compensa exercer poder de fogo. Exército sem dispensa

Licença do senso. Catalogado como baixa, antes da baixa
Mexo com o comércio e as taxas
De natalidade e mortalidade. Nasço, mato, multiplico e morro
Curte o pico! Morro é Porto Rico. E riqueza é querer

Universal. Une versões de mim
Pra plantar, revender, comprar, defender na corte
Fim é o de menos. Vejo todo dia em meus fregueses dóceis
“aceitação”. Faço história desfibrilando os fósseis na fissura

Pedra preciosa. Que Deus me desculpe
Se esculpe necessitados de um céu, tenho o que supre
Terceiro setor da city, kit de último socorro
Vendendo provisórias para quem não consegue ser forro

[Refrão]
Qual é seu preço? me diz quanto é que tá?
Qual é o seu valor? quem vai querer comprar?
Qual é seu preço? me diz quanto é que tá?
Qual é o seu valor? quem vai querer comprar?



A B C D E F


G H I J K L


M N O P Q R


S T U V W X


Y Z #


© 2016-2017 AZLYRICS All Rights Reserved. VPS Hosting in Europe and USA provided by www.adelinahost.com.

Our Friends:

https://lyrics.az

AZLYRICS.COM.AZ